O treinamento falhou? A culpa é sua.

27.11.2018

Professor, estou com um problema.

Diga, meu filho!

Lá na empresa estou tentando passar um assunto para os trabalhadores, mas eles não conseguem entender. Não têm base. Já dei a palestra duas vezes e ficam me olhando com cara de interrogação.

Quer que eu seja sincero?

Sim. É claro!

O problema é você.

 Como assim, professor? O senhor não ouviu que eu já dei duas palestras e o pessoal não entendeu nada, que não conseguiram assimilar. A culpa é deles que não estudam.

Meu filho, entendo 100% o que você está falando e quando eu comecei a dar aulas ou mesmo treinamentos nas empresas pensava assim também. Mas o problema é o seguinte quem quer passar a informação é você e a sua

responsabilidade não é de apenas passar a informação, mas que ela seja realmente recebida. Então não interessa se o público é fraco em relação ao tema, se a comunicação não foi realizada é porque você falhou na sua parte e você é quem tem de rever a abordagem.

Sei o quanto é difícil, e sendo professor às vezes fico totalmente arrasado ao perceber que parte da turma não está entendendo o que eu quero passar, mas lembro que eu estou sendo pago para fazer o treinamento, ou seja, se fosse fácil qualquer um poderia fazer e nem seria preciso pagar pelo trabalho. Isto não significa que eu sempre consiga realizar a comunicação sem falhas, mas pelo menos estou ciente desta responsabilidade.

Ok professor, entendi! Vou prepara uma nova abordagem e conversar com os trabalhadores para verificar quais são as dificuldades.

Autor: Mário Sobral Júnior – Engenheiro de Segurança do Trabalho

Please reload