CARTA DE UM ENGENHEIRO DE SEGURANÇA APAIXONADO

19.06.2019

Esperava uma entrevista de emprego impaciente

e a vi passando com um ergonomista

As pernas fraquejaram que quase sofri um acidente

Foi amor à primeira vista!

 

Havia encontrado a minha caldeira inspecionada

A minha linha de vida com ART,

A minha cipeira dedicada.

Sei lá, só sei que precisava de você!

 

Até sonhei usando máscara autônoma e PT na mão

Entrando em um espaço confinado,

E via você sorrindo no sistema de exaustão.

Estava realmente apaixonado!

 

Tomei coragem e a abordei.

Sabia que havia um grande risco.

Mas com minhas palavras a conquistei.

Que nem um incidente, foi por um trisco.

 

Teve um dia que não a esperei.

Pois com sua demora acabei chateado.

Mas só foi começar a agir, escorreguei.

E cortei os dedos no meio de um simulado.

 

Daí em diante não tenho mais como a esquecer.

Seja na inspeção ou em qualquer outra ação.

Sei que você está lá para me proteger.

Mas realizo toda a atividade com atenção.

 

Por você só não passo do limite de tolerância.

E estaremos juntos até os nossos cabelos grisalhos.

Pois temos uma relação de total confiança.

E só posso lhe dizer: Eu te amo Segurança do Trabalho!

 

Texto do livro "Mundo Paralelo - Mário Sobral Jr" - https://pag.ae/blClTgK

 

 

Please reload